sexta-feira, agosto 15, 2008

lamento ar errante ...


Estou sozinha, deprimida no meu canto, refugiada. Olhando a noite através de uma janela. Sem pudor, pulo pela janela, sem pensar, dou asa ao meu ser e voo, como nunca tinha voado! Não me limitando ao vazio, ao orgulho por vezes ferido desta gente. Aventuro me por oceanos e desertos autênticas raridades de humildade, caridade, e não de gente fúteis e superficiais.
Ate que … voo… e encontro me perdida, mas o deleite de ir ao encontro do desconhecido é mais forte, maior! Sinto o frio vento assobiando, acompanhando o amanhecer e o chilrear dos passarinhos e a liberdade desejada e temida em variadas situações… lutando dia-a-dia de garra e bico, pela sua sobrevivência! Acompanhei-os nos seus bandos, voei até a mais alta nuvem, porem, por fim, entendi que eu não pertencia aquele bando. Aqueles ares não me pertenciam. Cabisbaixa, voei de volta para o meu canto, pulei a janela e disse olhando o céu ainda cheio de neblina: lamento ar errante, por não pertencer ao teu ar! Porem de repente acordo deste sonho. Dirijo me para a janela, olho o céu e já amanhecendo, vejo e ouço os pássaros a voar e a cantar, soletrando: lamento ar errante!

Etiquetas: ,

8 Comments:

Blogger Bento Abreu said...

Mais um lindo voo teu :D

Beijo

4:00 da tarde  
Blogger Véu de Maya said...

Tens alma de gaivota mas alma de mulher intensa...gostei do caos que existe na tua escrita...e da insatisfaçõa que pressinto nos teus olhares inteligentes.
agradeço a tua visita...volta sempre que tiveres o impulso.

desejos de muita felicidade.

2:10 da tarde  
Blogger Deusa Odoyá said...

Olá minha estimad amiga.

Muito lindo e sublime o seu texto.

Um pular de sonhos para a eterna realidade.
Amiga, que suas asas sempre voam ao encontro da felicidade.
Beijos e um bom fim de semana com muita paz e amor em seu coração.
Sua amiga, Regina Coeli.

Te aguardo em meu cantinho.

4:54 da tarde  
Blogger lamento ar errante... said...

Para minha querida e Amada Aninha,

Que consegue absorver tudo ao seu redor, de uma forma inigualavél
coloca em poucas linhas um desabafo instalado em seu eu, mas também no de todos nós, quando lemos seus textos nós transportamos para dentro do nosso intimo, de uma forma carinhosa e ao mesmo tempo direta,mas entendamos que quando se escreve geralmente , se demonstra nosso estado de espirito e o que está ao nosso redor, por isso ela é tão profunda e direta no que escreve, vai fundo na alma de forma direta e ao mesmo tempo singela,adoro seus textos são muito bons , seu olhar critico é profundo e direto , gosto mesmo da forma que escreve, da forma como vê as coisas...da forma com que sente o mundo.
bjs.
Alê.

2:02 da tarde  
Blogger Maria said...

Passeei-me por aqui, lendo os últimos posts.
Irei passando...

deixo um abraço

3:43 da manhã  
Blogger Adaulino said...

a liberdade desejada e temida em variadas situações…


o medo é o nosso pior castelo ...
a liberdade não se deseja, conquista-se com paciência e escuta da nossa alma ... da-lhe asas e voaras livre ...

Beauty

Namastê!

2:34 da manhã  
Blogger Nelson said...

Nunca podemos perder a capacidade de voar...

5:00 da tarde  
Anonymous pedreiros said...

ar condicionado para veiculos | reformas em geral | reformas de apartamento | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | pintura predial e residencial | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | site painel administrativo | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | chocolate trufas | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | ar condicionado para veiculos | reformas em geral | reformas de apartamento | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | pintura predial e residencial | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites | site painel administrativo | ar condicionado automotivo | reforma de casas | pedreiros | chocolate trufas | centro automotivo | oficina mecanica | criacao de sites

4:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home